quarta-feira, 8 de julho de 2009

Por que participar da I Conferência Nacional de Comunicação?

Texto da Comissão Estadual Pró-Conferência na Bahia

Ei você aí! Aposto que você sabe o papel dos meios de comunicações no mundo atual. É só pensar na importância que os membros da sua família dão para assistir TV, ouvir rádio, navegar na internet, utilizar o celular ou ler livros, jornais e revistas. Pois é, boa parte das nossas relações sociais, educação, posições e gostos têm interferência da mídia. Mas no Brasil não habituamos a pensar a comunicação como direito de todos e todas. Vivemos numa terra”sem lei” na qual as decisões neste setor estão entregues basicamente aos políticos herdeiros dos coronéis e grandes empresários.

Alguns temas fundamentais

Pela primeira vez teremos um ambiente no qual os setores populares da sociedade podem participar na elaboração de políticas públicas de comunicações e a pretensão é tocar em temas espinhosos para os donos da mídia.

* Formação de Sistema Público de Comunicação com gestão participativa;
* Mecanismos de transparência e participação popular nas concessões de Rádio e TV;
* Controle social para os veículos que desrespeitam os direitos humanos;
* Combater a criminalização das rádios comunitárias e livres;
* Proteger a comunicação da interferência do poder político e religioso;
* Universalizar o acesso ao computador e banda larga na internet;
* Baratear as tarifas telefônicas, livros, jornais e revistas;
* Adequar a educação as novas tecnologias da comunicação e leitura crítica dos meios;
* Valorizar a diversidade étnico e racial nos meios de comunicação;
* Proteger e difundir a produção regional e independente;
* Liberdade e privacidade na internet associada ao compartilhamento de arquivos.

A trajetória da Conferência

A batalha pela I Conferência Nacional de Comunicação foi dura, o Ministro das Comunicações, Hélio Costa, se negava a convocar, ele é aliado histórico da Rede Globo e proprietário de rádio FM em Minas Gerais. A pressão social foi tanta que o presidente Lula passou por cima do Ministro e convocou a Conferência em pleno Fórum Social Mundial em Belém do Pará.

Para participar da Comissão Baixada Santista Pró-Conferência Nacional de Comunicação é só mandar e-mail para conferenciacombs@gmail.com. Mobilize seu grupo ou entidade para discutir sobre a mídia que temos e a que queremos.

Mais Informações: http://baixadasantista.proconferenciasp.org

4 comentários:

vanderleia costa disse...

Legal essa conferência,você está organizando um grupo?

Michel disse...

Então eu faço parte da Comissão que está mobilizando os debates aqui na Baixada. A Educafro é uma das entidades envolvidas nessa iniciativa.

vanderleia costa disse...

Bom ,eu gostaria de participar também preciso enviar e-mail?

MÍDIA CIDADÃ disse...

Então Vanderleia,

É só mandar email. E procure acessar a página da Comissão para mais informações. A mobilização de todos é muito importante nesse processo.