sábado, 19 de março de 2011

Qual é a publicidade mais preconceituosa dos últimos tempos?

Propaganda da cerveja Devassa
Comercial do site de viagens Last Minute Travel

Propaganda da Faculdade Anhanguera
Comercial da Maionese Hellmans

Propaganda da Sony para o lançamento do PlayStation 

20 comentários:

Maricota disse...

Estou muito indecisa. A primeira (da Devassa) e a última são as que mais me incomodaram. A primeira, além de tudo, rebaixa a mulher (assim como a da agência de viagens). Mas votar mesmo, é na última, ela é violenta e trata os negros com muito desprezo e falta de respeito, "o branco superior", essa deveria ser tirada de circulação, agora!!! nossa sociedade é primitiva e vexatória.

Michel Carvalho disse...

Maria,

Então,na verdade, excetuando a da faculdade e da agência, as outras foram retiradas do ar em poucos dias pela mobilização da sociedade civil. Mas fico pensando o que passa na cabeça dos publicitários que produziram tais propagandas. Aliás, não é preciso pensar muito, o racismo está internalizado, age quase como um instinto. Um comportamento que vira e mexe é empressado de alguma maneira. Lamentável!!!

Felipe Lobo disse...

Faltou a do Renaut Clio...
http://www.youtube.com/watch?v=LyJXCly29Hg

Felipe Lobo disse...

outra aberração é a da Microsoft polonesa http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2009/08/090826_microsoft_polonia_rw.shtml O que me dá mais raiva é dizendo que são "questões culturais"...

Michel Carvalho disse...

Realmente essa da Microsoft também vai para o rol das propagandas mais racistas dos últimos tempos.

Jorge Umburanas disse...

realmente, gostei do post mt legal XD

Paula disse...

sem base a propaganda da devassa, mas a da companhia área fere a moral brasileira.

vanderleia costa disse...

Revoltante que a mídia veicule propagandas grotescas como estas que ferem a dignidade de outros grupos étnicos não brancos.O pior é que quando surgem discussões sobre as cotas em universidades e outras ações de reparação,determinados grupos dizem que não é necessário que isso causa racismo.Mas quanto a isso,esse camada se cala!Pura demagogia!

Paula Motta disse...

Eu vou ser sicera, qual seria o preconceito da Propaganda da Faculdade Anhanguera? Eu sou negra e até agora não vi esse tal preconceito.

Michel Carvalho disse...

Então Paula digamos que nesta publicidade o viés racista é mais sútil, mas não deixa de estar presente, basta perceber que enquanto aluno, o rapaz é mais negro, depois como engenheiro, ele está visivelmente mais claro. A mensagem oculta é, ao meu ver, quando você ascende socialmente mais branco você fica.

Felipe Lobo disse...

O da Anhanguera ficou mais "subliminar", talvez ingenuamente falando deve ter sido um erro de iluminação entre as duas fotos, colocando um excesso de luz na segunda foto... Mas essas outras não existe a menor justificativa...

Anônimo disse...

Essa Paula Motta ou é cega ou muito burra, pra nao reparar que o cara formado é fica mais "branco"

Michel Carvalho disse...

Caro Anônimo

O bom debate de ideias não pode ir para o caminho da desqualificação. Cada um tem uma percepção própria. Vamos discutir conceitos e não cair nessa de xingamento.

Abs

Celle disse...

Devo admitir que todas as campanhas me incomodam. Não entendo como agências podem faturar milhões para criar atrocidades do tipo. A última parece a mais indigesta. A da Faculdade Anhanguera aparentemente foi uma trapalhada.

SENA disse...

Se eu falar que não vejo preconceito algum em nenhuma das propagandas serei execrado,talvez burro será o nome mais bonito que serei chamado,mas JURO QUE NÃO SENTI PRECONCEITO ALGUM EM NENHUM DOS COMERCIAIS.
1-tem a devassa loira ou loura,como queiram
2-o Brasil se vende como o pais do carnaval,mulheres semi-nuas sambando.
3- Ninguém nunca ouviu falar em canibal?
4- " o portável branco é esperado" se fosse um negro segurando um branco seria racismo tbm?
TANTA FALSA MORAL.

Flávio disse...

A da maionese e a da brasileira são engraçadas.
Canibais existem e a referência são a tribos africanas negras. Qual é o problema nisso? Preconceito porquê?
E a da brasileira é preconceituosa sim, mas advinda de, pelo menos, duas constatações: O Brasil é um país com forte apelo ao turismo sexual e nós somos calientes, de maneira geral.
Michel, abraço saudoso.

Marci disse...

Todas as publicidades são bastante preconceituosas, e com certeza, a da faculdade é a que se leva mais tempo para se perceber a evidência, e penso que não houve erro de luz nenhuma, as vezes, o preconceito é tão "natural" que a pessoa nem se da conta que ta sendo "traida" pelo seu inconsciente.
Eu nem saberia dizer qual é a mais preconceituosas porque todas são. Penso que vou usar a da Devassa na minha tese para fazer uma analise da percepção do corpo da mulher negra na nossa sociedade.
Um certo dia, vi uma publicidade em uma revista da Gol que me incomdou bastante que mostrava pessoas de diferentes fenotipos associadas a classe que viajavam e na classe econômica promocional era um negro todo assustado e embaixo estava escrito: Paulo até que ficou esperto e comprou uma passagem promocional. Achei bastante grotesco associava o negro a esperteza e os outros modelos brancos a inteligência, planejamento, etc.

Anônimo disse...

Me perdoem, mas não há preconceito nas propagandas. Há um preconceito ENORME na cabeça de vocês! Parem de criar chifre em cabeça de cavalo e vão cuidar das suas vidas.

Anônimo disse...

O que eu acredito é que a sociedade em sua maioria é preconceituosa. O preconceito maior vem daqueles que dizem defender a igualdade das raças, dos sexos, etc. Se alguém diz ter orgulho de ser negro, todos vão aplaudir, agora se alguém diz ter orgulho de ser branco, é racista! Somos todos iguais, sem mais e sem menos. Sobre as peças descritas? Não vejo nenhuma como preconceituosa. Imagine quantos publicitários preconceituosos conseguiram entrar em agências de renome pra cutucar aquele grupo social que considera inferior. Será que é isso ou será que o preconceito ta na cabeça do povo que não tem coragem de se referir a um negro como tal e acaba chamando-o de "moreno"?

Diogo Ruan Alves disse...


Realmente muitos artigos publicitários podem ter exagerado quando na carência de boas ideias ou mesmo para atrair atenção, mas falar desse comercial da Anhaguera acho que estamos criando monstros onde não há. Como muitas vezes já ouvi (e não concordo, mas as vezes faz sentido) "o preconceito está nos olhos de quem vê", não acredito 100% nisso, porém nesse tópico acho que encaixou muito bem.

Pois se for por isso, porque ninguém falou do outro banner da mesma campanha:
http://web.mundodastribos.com/2011/01/faculdade-anhanguera-cursos-gratuitos-630x340.jpg

Onde o "formado" agora está "mais moreno" do que quando estudante.
Acho a luta pela igualdade de todos gêneros, raças e classes socias algo muito importante para a evolução da humanidade, principalmente no Brasil. Porém acredito que muitas vezes as pessoas exageram nesse tópico o que gera mais "revolta" ou até contribui para a questão desigualdade/rivalidade.