sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Um negócio nada infantil



Você é a favor da restrição à publicidade infantil ou defende a liberdade publicitária?


2 comentários:

xarope disse...

uahuaa, concerteza, melhor negocio mesmo para o comercio é se agarrar aos "baixinhos"

Duo Postal disse...

Infelizmente essa pergunta é difícil de responder, pois como as crianças não têm noção de dinheiro, fica complicado quando um pai diz que não vai comprar o videogame de última geração que custa o olho da cara. Talvez eu seja a favor da restrição da publicidade infantil. Acho que os pais deveriam conversar com seus filhos e levá-los às lojas cientes de que eles não serão influenciados pela propaganda e assim não serão adultos hiperconsumistas.

http://duo-postal.blogspot.com